novo telefone
(16) 3946-1050
Webmail

Soluções em Acondicionamento
Sertãozinho - SP - Brasil
NOTÍCIAS - DETALHE
< VOLTAR

 

Imagem retirada de http://www.parfumerie.com.br/blog/2012/10/14/a-cor-de-2013/

Imagem retirada de http://www.parfumerie.com.br/blog/2012/10/14/a-cor-de-2013/

Você sabe qual a importância do plástico em nossas vidas?


12/11/2014

Para mostrar a verdadeira importância do plástico na vida das pessoas, o 1º Congresso Brasileiro do Plástico reuniu ontem (6), em Porto Alegre (RS), especialistas nacionais e internacionais ligados ao setor do plástico, além de representantes de diversos segmentos. Esse foi o primeiro congresso realizado na América Latina com o objetivo de mostrar, de forma prática e detalhada, os avanços realizados no setor do plástico, bem como sua essencialidade no cotidiano. O evento aconteceu na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), e é uma iniciativa de três sindicatos do Rio Grande do Sul, que conta com o patrocínio da Braskem.

Sob a perspectiva de que o plástico não é bem visto pela sociedade, o presidente do congresso, Alfredo Schmitt, afirma que a população precisa tomar conhecimento de todos os benefícios trazidos pelo plástico. “A gente quer mostrar à sociedade como nós estamos presentes, como nós temos soluções para oferecer. Pretendemos mostrar que o plástico é um produto inteligente, fundamental e indispensável na vida das pessoas. Nós queremos mostrar que nós geramos emprego e renda, e que estamos aptos para trazer conforto; principalmente na saúde, na alimentação, e no saneamento.”, disse Schmitt.

Em função da correria diária, a presença do plástico muitas vezes não é notada. Mas é só prestar atenção nos arredores para notar a presença desse material em diversos objetos. Os palestrantes do congresso exaltaram a importância do plástico para a medicina avançada, segurança alimentar, estímulo ao desenvolvimento humano, combate a fome, soluções em saneamento, embalagens inteligentes, sustentabilidade e qualidade de vida.

Para debater sobre essas nuances mundiais, o congresso trouxe palestrantes internacionais, como o diretor do Centro de Distribuição de Alimentos e Varejo da Universidade da Flórida (CFDR), Dr. Jeffrey Brecht, que falou sobre as embalagens plásticas para produtos frescos e sua contribuição para a segurança alimentar e redução da fome no mundo. Ressaltando a importância do plástico na embalagem dos alimentos, Brecht explicou que o plástico é a melhor opção para evitar a deterioração dos alimentos, bem como a perda de água no sistema de distribuição.

O palestrante francês Bernard Le Moine, membro do Comitê Francês de Plásticos na Agricultura (CPA); e o brasleiro Álvaro Azanha, Consultor de inovação da Innovation Center da BRF abordaram sobre a empregabilidade na proteção dos alimentos, na utilização no transporte e distribuição, na criação de soluções para estocagem e embalagem, além do armazenamento da água. O baixo custo do material e sua contribuição para prolongar a vida útil do alimento também foi destaque.

Já o presidente do Instituto Sócio-Ambiental dos Plásticos (Plastivida), Miguel Bahiense; e o diretor de Tecnologia, Qualidade, Sustentabilidade e Inovação da Tigre S.A. colocou em pauta a importância do plástico na adequação do fornecimento de água, bem como a criação de sistemas eficientes de saneamento básico e a relação destes fatores com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) brasileiro.

Ratificando sobre o discurso prejudicial do plástico feito pela população, Miguel Bahiensequer que a indústria do plástico estreite relacionamento com a população. “Sim, temos que explicar a sociedade [o lado positivo do plástico], porque causamos impactos. O fato é que temos que defender o setor, e também propor soluções. Nós temos que encontrar o senso comum para evoluir enquanto sociedade. A gente precisa fazer com que os benefícios trazidos pelo plástico cheguem à sociedade. Educação ambiental é fundamental nesse processo”, relatou.

Bom para o meio ambiente
Muitas empresas já cuidam do material plástico, trabalhando com a reciclagem. Durante o congresso, indústrias do setor também foram incentivadas a tomar a mesma iniciativa. Mas acima de tudo, o setor do plástico que conscientizar a população.

“Artefato de plástico não tem pernas, não tem asas e nem nadadeiras. Se eles estão em algum local incorreto, é porque o descarte não foi adequado. Tem muita gente que se pergunta ‘que planeta vamos deixar para os nossos filhos?’. Mas o certo é: ‘que filhos nós vamos deixar para o planeta?’. Tem muita informação incorreta, sem fundamento. O que a gente quer é justamente trazer a informação verdadeira. Assim sendo, a gente tem condição de conseguir muito mais ganho”, concluiu o presidente do Congresso do Plástico, Alfredo Schmitt.

Com a finalidade de mostrar o desenvolvimento do plástico, durante todo o congresso estiveram expostos na Fiergs cenários representando a vida com e sem o material. O evento foi uma iniciativa do Sindicato das Indústrias de Material plástico do Nordeste Gaúcho (Simplas), Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Vale dos Vinhedos (Simplavi) e Sindicato das Indústrias de Material Plástico no estado do Rio Grande do Sul (Simplast). Ainda sem local definido, o 2º Congresso Brasileiro já está marcado para setembro de 2016 e, de acordo com Shmitt, há grandes chances de o evento ser realizado na Bahia.

Fonte: Tribuna da Bahia, escrita por Rayllanna Lima

PÁGINA INICIAL - EMPRESA - PRODUTOS - QUALIDADE - TRABALHE CONOSCO - GALERIA DE FOTOS- NOTÍCIAS - LOCALIZAÇÃO - FALE CONOSCO
RGB Comunicação - Agência de Internet e Produtora de Vídeo
Todos os direitos reservados - © 2010